Search here...
TOP
Sabias Que?

Todos juntos fazemos a diferença

Praia com lixo, desde corda das redes dos pescadores a tampas de garrafas.

O planeta em que vivemos

O nosso planeta sempre foi conhecido pelas suas cores azul e verde, pela grande quantidade de água e vida selvagem. No entanto, com o passar dos anos e com a evolução do ser humano, o planeta tem vindo a sofrer com as nossas ações: Cortámos imensas árvores na produção de madeira; Perfurámos até grandes profundidades para recolher o tão conhecido ouro negro, o petróleo; E foi com este último que começámos a criar e criar. Isto sem nunca olhar para o impacto ambiental, deixando tanto a terra como o mar e o ar cheios de poluição.

Um estilo de vida “fast” tudo

Devido às vidas atribuladas que levamos, começámos a adotar um estilo de vida “fast” tudo. Tanto a comida como os objetos do nosso dia a dia passaram a ser de rápido consumo, para usar e deitar fora a seguir. O que levou a um agravamento significativo no nível de poluição do planeta. Queremos tudo para o agora, ou até mesmo para ontem. Por puro luxo, convertemos materiais que teriam um tempo de vida razoável, em objetos que em poucos instantes são descartados… Muitos de nós nem sequer pensam no fator reciclagem, uma ação tão simples que “dá muito trabalho”.

Claro que nem sempre sabemos se realmente o que colocamos na reciclagem é realmente reciclado. Como por exemplo as palhinhas, mas a verdade é que a ação tem de começar de algum lado e se ninguém o fizer e esperar que o façam por si o mundo não avança. “Todos juntos fazemos a diferença” tanto serve para o bem como para o mal!

Sacos de plástico, rede de pesca fios e outros objetos de plástico na areia

O que há a fazer?

Recentemente têm se visto alguns movimentos em relação ao plástico, pelo facto de estar tão incutido nas nossas vidas e demorar imensos anos a degradar-se. Estudos dizem que pelo menos 80% do plástico produzido até hoje ainda não foi degradado. Afinal quase tudo o que usamos hoje em dia tem plástico pelo meio. Felizmente já existem muitas alternativas a objetos do dia a dia. Contudo não nos podemos esquecer que este material apareceu como medida de combate ao grande consumo de árvores do planeta.

Arrisco a dizer que o nosso problema não é o plástico, mas a forma como o usamos. O grande problema que enfrentamos são os descartáveis! Porque “dá muito trabalho lavar e limpar” para voltar a usar, é muito mais simples usar, sujar e deitar fora. Assim como “dá muito trabalho” colocar no sítio/ecoponto certo, “fica já aqui que alguém depois mete bem”!

Para além destas desculpas, também se ouve muito “Assim fica mais barato”, mas será que fica mesmo?! Temos a tendência a olhar para o preço imediato sem olhar para o a longo prazo, mas a verdade é que muitas das vezes fica mais caro comprar os tão “fáceis de usar” descartáveis do que a versão mais duradoura.

Aqui no Let’s Save the Planet o objetivo é mostrar-vos que podemos fazer pequenas mudanças no nosso dia a dia, de forma a reduzir a nossa pegada ecológica. Sobretudo mostrar-vos que todos juntos fazemos a diferença e o impacto é gigante!

»

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *